Notícias

Análise: "Dor de cabeça para Trump"

Postado às 05h21 | 23 Feb 2021

Ney Lopes

Complicou-se ainda mais a vida do ex-presidente americano Trump. Ele escapou da condenação no Senado, em função de ter influído na invasão do Capitólio.

Os republicanos lhe prestaram solidariedade. Imagine se isso ocorresse no Brasil! Os senadores seriam acusados de coautores do crime e “muitos” repetiriam, que fatos dessa natureza só ocorrem com políticos brasileiros.

Ontem, o ex-presidente sofreu derrota importante. Ele se negava há anos em apresentar os seus documentos fiscais, sobretudo declarações do Imposto de renda.

Enquanto a batalha era travada nos tribunais, o jornal The New York Times publicou uma série de reportagens exclusivas, após obter duas décadas de declarações de tributos de Trump, que revelaram que suas declarações de imposto de renda o levaram a não pagar esse tributo em 11 dos últimos 18 anos e que ele pagou APENAS 750 dólares, tanto em 2016 como em 2017.

O alcance exato das investigações da Promotoria de NY é protegido pelo direito ao sigilo. Dentro do conjunto de casos judiciais que pairam sobre Trump, essa constitui a única investigação penal aberta contra ele.

Começou com a investigação sobre os supostos pagamentos a duas mulheres presumivelmente declarados como despesas legais durante a campanha presidencial de 2016, para que elas não falassem das relações sexuais que alegaram ter tido com o então aspirante a presidente.

Não se sabe até onde chegará esse tumultuado “affaire”.

Mas, com certeza, dará muita dor de cabeça ao ex-presidente Donald Trump.

 

 

Deixe sua Opinião