Notícias

Bolsonaro poderá ir à ONU que não exigirá comprovante de vacinação na Assembleia Geral

Postado às 07h33 | 18 Sep 2021

Poder360

A ONU (Organização das Nações Unidas) não irá exigir prova de vacinação contra covid-19 para os participantes de sua Assembleia Geral da próxima 3ª feira (21.set.2021). A organização cogitou apoiar a exigência da cidade de Nova York, mas recuou. O sistema que será levado em consideração será o de honra, ou seja, a ONU vai aceitar a palavra dos chefes de Estado sobre suas imunizações. Nesse sistema, ao entrar na Assembleia Geral, os diplomatas afirmam que estão completamente vacinados contra covid-19. O recuo foi informado aos aos 193 Estados-membros em uma carta assinada pelo presidente da Assembleia Geral Abdulla Shahid, segundo a Reuters, que teve acesso ao documento..

 

Deixe sua Opinião