Notícias

Cascudo, o nordestino

Postado às 05h56 | 09 Oct 2021

Ontem,8, foi comemorado o dia nacional do nordestino. A data teve origem no centenário do poeta popular cearense Antônio Gonçalves da Silva, conhecido como Patativa do Assaré.

O conterrâneo Câmara Cascudo é uma das maiores expressões intelectuais da região, que ele retratou na sua vasta obra como um lugar fecundo, bastante rico e fantasioso, com traços culturais revelados nos ritos de costumes, culinária, vestuários, hábitos, sotaque e forma de enfrentar o mundo.

Raízes – Cascudo foi um dos mais importantes pesquisadores das nossas raízes étnicas.

Na “Antologia da alimentação no Brasil” identificou na alimentação popular, a origem cultural ligada a mitos, hábitos e costumes da culinária portuguesa, africana e indígena.

Homenagem- Merecida a homenagem ao Mestre Cascudo, no dia do nordestino. Ele sempre projetou a região e se consagrou como o maior folclorista brasileiro.

Hino do Nordeste - Outra justa hoimenagem é a canção “Asa Branca” de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira (1949), considerada o hino do Nordeste.

A melodia traduz a lida diária de um povo, que vive, sofre e consegue ser feliz.

Olho aberto

Unanimidade – Nos bastidores dos marqueteiros políticos lúcidos prevalece, até hoje, a convicção, revelada nas pesquisas “sérias”, de que a governadora Fátima Bezerra não deve embarcar no “já ganhou”.

Senado - Para o senado, nenhum dos nomes “promovidos” pela mídia sensibiliza o eleitor. A razão é que os pré-candidatos citados não mostram propostas inovadoras, que é o grande anseio do eleitor.

Alguns pretendentes apoiam-se na tradição e outros na audácia.

Debates – Por que as pesquisas repetem sempre os mesmos nomes e não sugerem outras opções já conhecidas?

Será que marketings “dirigidos” temem concorrência aos seus clientes? 

Poderiam ser organizados debates entre pré-candidatos, que se inscreveriam voluntariamente  e iriam mostrar as suas ideias.

Seria uma iniciativa a ser liderada por órgãos de comunicação.

Racha - ACM Neto admite que novo partido União Brasil perderá 40% dos 82 deputados. Nasce rachado.

Indecisão – Sobre a sua nova filiação partidária, o presidente Bolsonaro declarou que está noivo” do PP e tem “affaire” com PL.

Entretanto,  Luciano Bivar, presidente do novo partido, em entrevista ao Globo, já abriu as portas para Bolsonaro. Admite apoiá-lo. Declara que não tem mágoas do presidente.

Atitude típica de quem deseja aproximação. 

Terceira via – Na mesma entrevista, o presidente do União Brasil, não deixou dúvidas, ao afirmar:

Não diria que queremos ser a terceira via.”.

Foi mais adiante: “quem discordar tome o seu caminho”.  

Está claro o DNA da nova sigla.

Diferença - Terceira via seria a união unânime  de um partido independente, com um candidato inovador.

Se o partido União Brasil já abriga tendencias diferentes e opostas, jamais será terceira via. 

Ao contrário, terá semelhança com a "nova política" pregada em 2018, que deu no que deu. 

Conveniências - É remota a possibilidade de ACM Neto, secretário geral da sigla, e que lidera os ex-democratas, insurgir-se contra a orientação do presidente Luciano Bívar. 

Ele próprio já defendeu o abrigo de bolsonaristas no União Brasil.

A razão é que ACM Neto tem apoios de apoiadores do presidente Bolsonaro na Bahia, onde disputará o governo do estado.

Horário de verão - O Brasil não terá horário de verão nos próximos anos.

Ceará na frente - O Ceará está perto de confirmar mais investimento no setor de mineração.

A empresa canadense “Jangada Mines” deverá investir R$ 54 milhões na exploração de minério de ferro.

Enquanto isso, a exploração do potencial mineral do RN nada avança.

O que Lula pensa -  Nos últimos encontros com o “centrão” o ex-presidente Lula deixou claro, que não se considera já eleito; e que o presidente Jair Bolsonaro ainda não estaria fora da disputa — pode se recuperar e se reeleger.

Preocupação – A inflação atingiu 10.25%.

A maior no mês de setembro, em 27 anos.

Aceso o alerta sobre a queda na popularidade do governo.

Curiosidade - A missão espacial BepiColombo chegou ao planeta Mercúrio, onde um dia dura dois meses terrestres; tem amanheceres duplos; temperaturas entre 430 graus e menos 180 graus e guarda muitas respostas sobre a origem do nosso planeta.

 

 

Deixe sua Opinião