Notícias

Quem janta hoje com Bolsonaro e o que será conversado

Postado às 06h56 | 07 Apr 2021

Lauro Jardim

O jantar de hoje de Jair Bolsonaro com cerca de 25 empresários, em São Paulo, tem algumas pautas de conversas já previamente definidas.

Marcado para 19h, na casa do empresário do setor de segurança Washington Cinel, o jantar terá no cardápio os seguintes pratos:

* Vacinação: 24 horas depois de o Brasil superar 4 mil mortes diárias por Covid, Bolsonaro vai tentar explicar as últimas ações do governo para conseguir vacinas e os empresários devem falar de seus planos para importar imunizantes para os funcionáros de suas empresas. (A Câmara aprovou ontem um projeto neste sentido, que agora terá que ser aprovado pelo Senado)

* Reformas tributária e administrativas, dois assuntos os quais o governo, aliás, parou de falar nas últimas semanas.

* Os empresários pretendem, ainda, insistir na necessidade de austeridade fiscal, simbolizada pela manutenção do teto de gastos.

Além da lista de 14 empresários e executivos que ontem de manhã já haviam confirmado presença — André Esteves (BTG), Candido Pinheiro (Hapvida), Luiz Carlos Trabuco (Bradesco), Carlos Sanchez (EMS), Alberto Saraiva (Habib's), Flavio Rocha (Guararapes), João Camargo (grupo Alpha de comunicação), João Carlos Saad (Band), Alberto Leite (F5 Securities), Claudio Lottenberg (Hospital Albert Einstein), Ricardo Faria (Granja Faria), Tutinha Carvalho (Jovem Pan), José Roberto Maciel (SBT) e o anfitrião Washington Cinel) — ontem à noite houve a adesão de três pesos-pesados: José Isaac Peres (Multiplan), David Safra (Banco Safra) e Rubens Ometto (Cosan).

Como o número de convidados deve chegar a 25 — fora os nove integrantes da comitiva de Bolsonaro — todos serão acomodados em duas mesas.

Celulares não serão permitidos. O cerimonial pedirá aos convidados que deixem os aparelhos na entrada da casa, situada nas esquinas das ruas Costa Rica com México, no Jardim Europa.

Deixe sua Opinião